sábado, 3 de janeiro de 2009

Clarice Lispector - Estilo.

Clarice desenvolveu um estilo literário ímpar. Com livros marcados por singularidades e inovações lingüísticas, a escritora encabeça a lista dos que mais incorporaram traços inéditos à literatura nacional.

A ficção clariceana se concentra nas regiões mais profundas do inconsciente, ficando em segundo plano o meio externo, pois quase tudo se resume à mente das próprias personagens. Portanto, Lispector é o principal nome de uma tendência intimista em nossa literatura. O ser, o estar no mundo, o intimismo formavam o eixo principal de questionamentos tecidos em seus romances introspectivos. Não centra sua obra no social, no romance engajado, mas sim no indivíduo e suas mais íntimas aflições, reproduzindo pensamentos das personagens.

Artifício largamente utilizado por James Joyce, Proust e, sobretudo, Virgínia Woolf [indico ao lado livro da escritora inglesa], o fluxo da consciência marca indelevelmente a literatura de Clarice. Tal aspecto consiste em explorar a temática psicológica de modo tão profundo que o assunto nunca é completamente explorado, ou seja, as diversas possibilidades de análise psicológicas e a complexividade da temática contribuem para a inesgotabilidade do assunto.O fluxo da consciência indefine as fronteiras entre a voz do narrador e a das personagens, de modo que reminiscências, desejos, falas e ações se misturam na narrativa num jorro desarticulado, descontínuo que tem essa desordem representada por uma estrutura sintática caótica. Assim, o pensamento simplesmente flui livremente, pois as personagens não pensam de maneira ordenada, mas sim de maneira conturbada e desconexa. Portanto, é a espontaneidade da representação do pensamento das personagens que caracteriza o caos de tal marca literária.

O monólogo interior é outro artifício utilizado por Clarice que contribui para a construção da atmosfera introspectiva. Essa técnica consiste em reproduzir o pensamento da personagem que se dirige a si mesmo, ou seja, é como se o “eu” falasse pra si próprio. Registra-se, portanto, o mergulho no mundo interior da personagem que revela suas próprias emoções, devaneios, impressões, dúvidas, enfim, sua verdade interior diante do contexto que lhe é posto.

Muitos críticos afirmam que Clarice Lispector é a pioneira no emprego da epifania na prosa brasileira. “No sentido literário, a "epifania" é um momento privilegiado de revelação, quando acontece um evento ou incidente que "ilumina" a vida da personagem.” Assim, pode-se dizer que nos textos de Lispector, o objetivo maior é o momento da epifania: por meio de uma espécie de revelação (o que se dá por meio de um fato inusitado), a personagem descobre que vive num mundo absurdo, causando um desequilíbrio interior que, por sua vez, provocará uma mudança radical na vida da personagem.

É também peculiaridade da autora a construção de frases inconclusas e outros desvios da sintaxe convencional, além da criação de alguns neologismos. Clarice não adota o padrão da gramática normativa, pois tem na valorização da expressividade do texto a regra primordial de sua literatura. Assim, as frases não são feitas com o rigor gramatical e coerente, mas sim com o primor e o viço da expressão artística.

Enfim, podando os excessos e desconsiderando os modismos, Clarice figura entre os melhores escritores da Literatura Brasileira.
Heitor Nogueira.

69 comentários:

Yo Carmo disse...

Querido amigo avassalador... Heitor.
sempre que encontro vida inteligente na blogosfera fico muito feliz!
Adorei sua indicação de Virginia Wolf.
venha nos visitar tb
http://avassaladorasrio.blogspot.com

AYLA disse...

eu nunca li um livro dela pode me chamar de cafona mas eu amo mesmo é jone austen mas é legal ler seu texto vc parece ser muito inteligente!

AYLA disse...

foi maus é JANE AUSTEN

Elvis disse...

Nunca ouvi falar nela,nem li nenhum livro dela...
livro mesmo eu só curto os do Stephen King...

A'ZaF disse...

Primeiro post do blog o,Ó

Bem-vindo à blogosfera mano

primeiro vou falar que fiquei impressionado com seu perfil :o facul de letras e direito, nuss...

agora sobre o post eu não conhecia essa mulher, nunca vi um livro dela (santa ignorância) e se vi não devo ter reparado, mas depois desse post vou ter que pegar um livro dela pra ver se realmente é tão bom...

abraço

http://paranoiaelucidez.blogspot.com/

Dani disse...

obrigada pelo comentário em nosso blog, eu já corrigi o erro que a colaboradora blogeuira amiga cometeu no post, sobre a penalidade para abuso e atentado violento ao pudor.

amo clarice lispecto...

2009 chegou, ano novo, nosso blog fará um mês dia 7 e gostaríamos de saber a opinião de todos que nos ajudam,voce pode nos ajudar
A idéia é fazer uma pesquisa com todos que leem nosso blog, nos ajude. http://superandoabusoss.blogspot.com/2009/01/ol-2009-chegou-ano-novo-nosso-blog-far.html obrigada equipe superando abusoss

Moniquetudybom disse...

Nossa! O que surpreende na Clarice é tanta gente jvem curtir os textos intimistas dela ,nessa geração possuidora de principios tão fulgazes.
O blog e seu texto, nossa! affs infinitos, viu?Seu blog vai ser necessa´rio para mim.
Vou procurar ler V.Wolf hoje mesmo.

Moniquetudybom disse...

"Só podia ser baiana!As baianas têm dessas coisas,sabem fazer chorar, cantar...Elas têm um lirismo forte, preciso"
Heitor da minha vida, obrigada por me contar esse segredinho sobre nós.E estou ansiosa aguardando por esse post.Para eu continuar assim, como disse, ou melhorar seu blog se faz necessário.
Beijos mil!

Antonoly disse...

Clarice Lispector é a minha escritora preferida!

Airton disse...

opaalegal o blog cara..

eu li um livro dela pro colegio naum lembro qual era
hahahha

http://publicandobr.blogspot.com/

coisas de filme(parte 1)

palavraacida disse...

Eu acho que embora a sua obra seja grande e bem escrita ela pecou por cair no modismo. Acho isso meio ruim todo mundo leu Lispector, assim como todo mundo gosta de bossa nova, como todo mundo tem orkut e tal. Meio que acaba sendo queimada. É um pensamento meio elitista mas é real.

Tony Prado disse...

O grande lance da Clarice Lispector era que, escrevendo sobre o seu estado de espírito, nesta literatura tão particular e anímica, ela acaba nos ensinando lições que, por nós mesmos, não poderíamos aprender ou, ainda, perceber as várias facetas da vida que nós mesmos acabamos escondendo por puro medo. Ler a ucraniana que desde sempre foi brasileira não é um ato, é um sentir. Um tanto complicado, mas você acaba entendo tudo, mesmo que a intenção não fosse essa. E pela sua indicação de Virgínia Wolf você deve gostar muito desse tipo de livros, intimistas, certo? É o que me pareceu. Realmente muito inteligentes suas colocações. Um abraço e feliz ano novo.

Fernanda Santiago Valente disse...

Amo a Clarice... mas ainda não li nada da Virginia. Vou pesquisar...

valeu a dica,

um abraço

<<...Gaia...>> disse...

Eu já ouvi fl dessa mulher e tenho a impressão que já li algum livro dela (mas eu nunca gravo direito o nome dos autores que leio...)

Igor Pinheiro disse...

Cara, Clarice Lispector = Ídola!
Começou muito bem...

Jane Austen também é bom, gosto de "Desejo e Reparação", é muito bom o desenrolar da história.

É isso, parabéns pelo blog.

Tania Montandon disse...

Clarice é mesmo genial, e ela dizia que não era intelectual, puxava o material da escrita de seu interior.

bjos

Leo Pinheiro disse...

Clarice sempre me pareceu uma mistura de Hilda Hist com Cecília Meireles. Um meio termo interessantíssimo entre as outras duas divas da literatura nacional.

André disse...

bah, magrao, essa mina era foda. escrevia para caralho. li alguns livros quando estava no antigo segundo grau a 25 anos atras. tremia na base e era melhor que o jorge amado. abraços!

Henrique Mine disse...

é impressionante como um texto pode despertar a curiosidade de quem o lê.

Correndo atrás de um livro da Clarice Linspector.

Obrigado..hehehehhehe

Abraços

Gláucio disse...

Clarice Lispector sem sombra de dúvidas sabe tocar as pessoas com suas palavras.

Ainda não li nenhuma suas obras, mas já tive a oportunidade de ler diversos trechos de textos e mensagens dela.

Recentemente encontrei aqui em casa, um livro didático infantil, da década de 80.

Tenho um primo de 5 anos que gosta de foliar estes livros, por terem muitas figuras. Acabei encontrando um texto interessante da Clarice, infelismente não me lembro o titulo.

O texto fala sobre uma menina descobrindo a sexualidade, o inicio de sua adolescência.

As passagens dos texto são simples e diretas, no qual expõe diálogos entre a menina e sua mãe, a auto descoberta e as questões que afligem a personagem.

Me surpriendi bastante, já que peguei o livro ao acaso, sem saber o que encontraria nele.

Bom ter conhecido mais sobre ele em seu post. Parabéns. ^^

Gláucio disse...

Acabei de ver seu comentário no meu blog. Não sabia que Lily Allen havia gravado uma música do Keane.

Vou dar uma pesquisada e ver se encontro, eu soube que ela está com um projeto novo, tanto que fez até cover de Britney Spears, srsr
MAs sobre esta regravação eu não sabia mesmo.

abç

michellniero disse...

Belíssima análise. Existe algo de estranho na literatura dela que me faz sentir lendo os meus pensamentos. É uma escritora de alma universal, que lidou como poucos com as mazelas da existência.

www.opatifundio.com

Fernanda Maria disse...

Posso ser sincera...não curto temas verdes mas esse ta ate legal....
Agora....muiiiiiiiiiiiiiiiiito bom você ter colocado texto sobre a Calrice Lispector que eu amooo demais, parabens, eu vi uma exposição dela aqui em São Paulo lá no Museu da Lingua Portuguesa e amei...sou apaixonada por ela...
AAaaa fala da Cecilia Meireles tambem, foi por culpa dela que me apaixonei por poesia e foi uma poesia dela infantil que você deve conehcer..."Ou Isto Ou Aquilo" maravilhosa...ai ai
parabens pelo blog amei viu...

greatdj disse...

Clarice foi uma das grandes escritoras deste país.
O fato de não se preocupar com o espaço é o que mais me fascina, adoro ver como será a reação das pessoas, o dualismo, se são "boas" ou "más".
Tem histórias que dão tanta atenção ao lugar que acaba ficando pobre os personagens e a trama.
Mas Lispector nunca deixou nada pobre, muito pelo contrário, ela sim sabia escrever muito bem.

... disse...

Opa...vlw pela visita lah ...
O seu blog tah bem legal , apesar de eu ter fugido do escola e naum aprendi mta coisa mas blz ... ehuehuhue
Depois deixa a pergunta com mais detalhes lah ... ai da pra arrumar os artigos que vc procura ...
Abracos
http://www.technews.vai.la/

DuDu Magalhães disse...

Acho fantástico a qualidade das obra dela, penso que algum dia ainda escreverei como ela...

Moniquetudybom disse...

Heitoorrrrrrrrrrrrrrrrrr da minha vida! Tem novidade no meu blog, querido.Passa lá.
A propósito gosta de Florbela Spanca ou Neruda?
Conhece Pietro Nardella-Dellova?Passa no blog dele, acho que vai gostar:http://nardelladellova.blogspot.com/2008_09_01_archive.html

... disse...

Quando atualizar seu blog me avisa pra poder vir aqui conferir ... vou estar sempre visitando !!!

http://www.technews.vai.la/

Deka Silva disse...

Que ótimo vir visitar esse blog!
Principalmente neste post sobre Clarice!
Sou leitora e fã da mesma!

Meu escrito favorito dela é:
"Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."

Daniely disse...

Eu adoro Clarice, você descreveu a obra dela de uma maneira primorosa, não escondendo sua admiração^^'

Tudo bem legal por aqui
um abraço!

Mandy disse...

Sabe que ultimamente tem me dado vontade de ler algum livro da Clarice, dizem serem bons livros...
Eu tinha MUITA preguiça de ler, do nada me deu vontade de ler, to lendo O Pequeno Principe e Machado de Assis - contos, e to gostando!
;)

Neo disse...

Grande texto Heitor.

Primeira vez aqui e cheguei através do seu comentário no blog do Inquilino.

Um abraço e feliz 2009.

Neo
Todos os Sentidos.wordpress

Gláucio disse...

Indiquei seu blog com o selo "6 coisas, 6 links, 6 regras", fiz um post com as regras para explicar melhor.

abç

Thiago Assis disse...

Tive que aprender um pouco mais (já a conhecia) sobre Clarice para fazer a prova da UFC em 2008, não tem como não admirirar e se apaixonar pela escrita dela.
Ela é a melhor escritora da nossa literatura, sem dúvida alguma.

Parabéns pela tua postagem, muito proveitosa =]


Thiago Assis
www.thiagogaru.blogspot.com

Rodrigo Andolfato disse...

Muito interessante o texto. Achei muito legal saber que ela mostra suas obras em momentos de revelação, mas me pergunto se seus textos não são de leitura difícil. Vou procurar saber. Parabéns pelo Blog!

http://sociedadedosmalas.blogspot.com/

laurinha disse...

começei a gosta de literatura por causa dessa grande escritora
adoro os livros dela
parabens gostei muito do seu blog

Þ€đŘǿ disse...

Nossa, muito bom o texto!!! Parecia, ao ler, que estava voltando às aulas de literatura do cursinho...SHOW!!! =)

Gabriela disse...

Oi!
Bom... Clarice me fascina absurdamente, pois ela me faz sentir como se fosse um de seus personagens, sendo assim, concordo com a sua afirmação de que o foco de Clarice é o indivíduo. Outro fator que é muito raro nos autores atuais é a ironia de Clarice, essa ironia absurda encontrada em cada fragmento de seus textos.

Um abraço.

Claudemir disse...

Nossa, não conheço profundamente suas obras, estou um pouco desatualizado. Gostei do texto, de sua análise e principalmente do que você falou e dos vários comentários a respeito de Clarice Lispector.
Parabéns pelo blog e pelo alto nível do mesmo.

Nat Valarini disse...

Boa noite Heitor!

Bom, eu confesso que ainda não li nada da Clarice, porém, sempre ouço falar muito bem da obra que ela construiu e a sua postagem não me deixa negar que estou com muita vontade de desvendar este universo que pertence a ela.

PS.: Sobre o prêmio, é bem fácil, qualquer coisa dá uma lida no meu blog para tirar as dúvidas.

Kiso
=*

http://garotapendurada.blogspot.com/

LETÍCIA CASTRO disse...

É de mim gostar de Clarice Lispector! rs
Adoro a bicha, A Paixão Segundo G.H é perfeito!!!
Beijos!

Moniquetudybom disse...

Quem me dera ter lido tudo da Florbela,leu o blog do Nardella De-lova? Procura na net, os textos são bons.(Pietro B. Nardella Dellova).Acho que vai gostar.Ultimamente sinto falta de ter bons livros nas mãos.Na minha city os que gosto são raros e caros. mas vou lendo por aqui.
A propósito, este post é para leh avisar que recebeste um prêmio no meu blog.

Moniquetudybom disse...

Basta ir lá copiar o selo, exibir o link de quem te indicou ( nesse caso, eu) e indicar um outro ou outros.

Bruno Battousai disse...

bom blog cara, té mais!

Fábio Flora disse...

Clarice é ótima mesmo. É muito bom se perder na (in)consciência dos personagens dela.

Não dá pra acreditar que há gente que nunca sequer ouviu falar dela! Nossa!

Abraços!

รятª єяเkα! disse...

A Clarrise escreve super bem mesmo!
Mas não curto muito a literatura dela!
O segredo do sucesso de suas escritas acho que é isso: ela se coloca no lugar de um indivíduo, e descreve um caso, ou seus pensamentos, ações. Isso se torna muito interessante!

Jaquielio disse...

Vc citou uma grande autora.Não conhecia teu blog.Passarei mais vezes por aqui.Sempre bom ler sobre literatura.Sucesso.

30 e poucos anos. disse...

Não estou em uma fase de leitura mas clarice realmente é ícone.

Gláucio disse...

Você já disse sim XD
Mas é sempre bom ser reconhecido, muito obrigado.

Eu gosto muito de música, então resolvi fazer este blog porque gosto de acompanhar as notícias e compartilhar músicas boas, elas me fazem bem.

Seu blog está muito bem trabalhado, abordando assuntos interessantes.Parabéns!

Não sei se vc viu, mas indiquei seu blog para o selo "6 coisas, 6 links e 6 regras". Depois da uma confirida na postagem que fiz.

http://rockeriot.blogspot.com/search?updated-max=2009-01-10T14%3A03%3A00-02%3A00&max-results=2

abç

Ana Lucia Nicolau disse...

Adoro os Livros de Clarice Lispector, uma de munhas escritoras favoritas

Carioca disse...

clarice eh indispensavel a literatura. otimo post.

http://raciocinioquebrado.blogspot.com/

Janelas do rosto disse...

Meu deus! Adorei! Amo Clarice!

Carlos Eduardo disse...

Ótimo texto. Muito boa escolha falar de Clarice - sou um grande apreciador de sua arte. Mais ainda Virgínia.



Gostaria que você desse uma lida nos meus textos e fizesse suas críticas.

http://putoanonimo.blogspot.com

P. Florindo disse...

Eu nunca parei para ler um livro dela, mas ela é um ícone da nossa literatura. Tenho uma amiga que adora as obras dela (ela estuda Letras também, mas Espanhol) e usa alguns trechos no seu Orkut.

Preciso conhecer mais as obras dela.

Juh disse...

o que eu posso dizer?
ela é perfeita!
escreve intensamente, e muitooo bem
:D

http://oigatavemsempreaqui.blogspot.com/

Diego?Glommer?Chuck? .? disse...

O que dizer?

Qualquer um que leu minimamente algo de Clarice sabe o quanto trata genialmente palavras e sentimentos.


Gostei do seu blog. Falta só atualizar com mais frequência.


Abraços. Depois visite o Marmota e veja o que acha.


http://marmotatomica.blogspot.com

PCN disse...

Cara, amo a forma dela escrever... Voce escreve bem, continue assim!

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ"☻¨★¨๑Flor de Lotus๑¨★¨☻Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ" disse...

Obrigada pelo comentário,eu também nunca li um livro dela,agora começo a me interessar,qual livro dela você me indicaria?

Erick Harrisson disse...

Olá, passando para deixar um abraço!!! Muito legal seu blog!!!Valeu!!

http://descubraobrasil.blogspot.com/

Dani Lispector disse...

Muito bom seu blog.

Bjus Clariceanos

Dani

**Daya** disse...

Meu Deus,como admiro e me identifico com o que Clarice escreve,o jeito que ela se expõem e escreve,esa coisa de deixar o mundo externo de lado um pouco e ir pra dentro de si mesma é demais,eu gosto bastante desse estilo e me identifico com ele.CLarice realmente foi divina em tudo que escreveu.

Miene disse...

Cara, super cultural seu blog...

Muito educativo mesmo, só q achei o texto muito Longo... Muito apertadinho.

Beijos

www.likeamake.com

Jéh ♥ disse...

Nossa! Ameei esse seu texto!
me ajudou muiito na minha pesquisa!
Alem de ser muito inteligente, voc~e é liiindo shaushuhausa!

Magna disse...

Oi Heitor, estou prestes a fazer um concurso para professor do estado do MA, como na ementa está inserido o Estilo de Clarice,procurei na Net e encontrei esse seu texto, muuuito bom! Ele vai ajudar-me muito!!!
Parabéns!

Em Edição disse...

Bom, acho que você devia ser mais imparcial em sua análises e de forma mais uni-direcionada, mantendo-se no foco crítico. Sabemos que Lispector é fantástica, mas uma nota sobre a obra deve ser neutra. Avaliando o texto, diria que é bom.

Em Edição disse...

Bom, acho que você devia ser mais imparcial em sua análises e de forma mais uni-direcionada, mantendo-se no foco crítico. Sabemos que Lispector é fantástica, mas uma nota sobre a obra deve ser neutra. Avaliando o texto, diria que é bom.

Ester Pereiraas disse...

confesso que só abri a página por curiosidade e porq procurava mais sobre Clarice Lispector para escrever um artigo de opinião... Até então eu não havia escolhido sobre quem escrever, mas o seu post me ajudou - e muito - em minha escolha. Obrigada por me mostrar um pouco mais de Clarice.

Fénix disse...

Clarice é simplesmente genial.
Abrir uma página "dela" é como mergulhar no mais profundo do ser humano, no labirinto da alma, no "dar-se conta".
Não pode ser classificada como "moda", isso soa tão pejorativo! E se for ou fosse moda, que boa moda, verdade!?!
Abraços!

Marlon Batista disse...

Parabéns Heitor , me ajudou bastante ,como assunto de literatura , para minha prova de português ^^