domingo, 1 de fevereiro de 2009

Machado - Um século de vida em obra.

A data que se cumpriu em 29 de setembro de 2008 marcou cem anos de morte de Machado de Assis. Tido pela maior parte da crítica como o mais importante intelectual da Literatura Brasileira,Joaquim Maria Machado de Assis produziu textos nos mais variados gêneros (romance, conto, poesia, crônica). Através desses textos que Machado cria uma nova linguagem que ainda hoje inspira muitos escritores do porte de Gabriel García Márquez.
Cabe-nos destacar que Machado nasceu no morro do Livramento (subúrbio do Rio de Janeiro), teve pai negro, pintor de paredes, e mãe portuguesa, lavadeira. Tais informações revelam a condição social do escritor, pois, sendo ele mulato e pobre, teve contato direto com a margem social carioca. Dessa forma, incide na sua obra, essencialmente realista, temáticas que mantêm coerência entre a sua ficção e a sociedade de classes carioca. Essas características biográficas acentuam sua sensibilidade. Pelo fato de ter vivido nessas circunstâncias, a visão machadiana do mundo não é restrita a aristocracia, nem mesmo, aos oprimidos, pois o aparato temático de sua literatura nos traz uma visão global, panorâmica, da sociedade. Dessa forma, ele é o nome da literatura que conseguiu captar o Brasil de maneira mais completa.
Do ponto de vista histórico-literário, a obra de Machado de Assis é uma reflexão sobre vários momentos da história brasileira. Dentre os acontecimentos do século XIX, Machado registra em sua ficção a Abolição dos escravos, os partidos da República, a corte no Segundo Reinado... Ele achava que a abolição dos escravos marcava a substituição de um sistema opressor por outro.Ainda na perspectiva história, podemos destacar que é atribuído ao romance Memórias Póstumas de Brás Cubas o marco inicial da estética realista no Brasil. Também é histórica a sua participação na fundação da Academia Brasileira de Letras, tornando-se seu primeiro presidente.
Sobre as temáticas,faz-se notar que são dotadas de universalidade, ou seja, os temas abordados em sua literatura são comuns aos homens de toda parte, isto é, em sua expressão literária, retrata a essência humana. Dentre tais temáticas destacamos: o amor passional, o ciúme, a morte, a firmação pessoal, a relação entre o ser e o parecer, a burguesia em ascensão... Ao escolher essas temáticas, o Bruxo do Cosme Velho (apelido de Machado, pois foi nessea rua que passou a maior parte de sua existência), desenvolve motivos que, ao mesmo tempo em que retratam o presente, fazem referência ao passado e se projetam para o futuro. Esse é um dos fatores que explica a atualidade de sua obra no mundo literário.
Não é porque Machado retrata sua época que ficará preso em um viés semântico.Pelo contrário, ao dizer de um tempo, diz de todos os tempos, integrando presente, passado e futuro. Portanto, a linguagem polissêmica assegura à sua literatura a permanência e atemporalidade.Parte da multissignificação, a ambigüidade que inquieta seus leitores. No romance Dom Casmurro, Machado trata do possível adultério de Capitu. É uma das obras literárias brasileiras mais abertas a interpretação, porque o escritor deixou em suspense ao longo da narrativa a suposta traição da mulher de Bentinho com Escobar. Portanto, não temos elementos satisfatórios para uma resposta positiva nem negativa, o que caracteriza a ambigüidade.
Machado não constrói suas letras na obviedade da literatura engajada, mas sim na sutil crítica a estrutura social brasileira (agrária, escravocrata, conservadora). Suas meias palavras são mais devastadoras do que qualquer crítica direta desprovida do viço ficcional.
Na produção de contos, Machado destaca as relações humanas em âmbito de universalização. Desse modo, o triângulo amoroso do conto “A Cartomante”, a atmosfera de sedução do conto “Missa do Galo”, a crítica a afirmação pessoal do conto “O Espelho”, partilham do que se diz comum ao homem de qualquer parte do mundo. Em seus contos, o que importa é ainda o sentir das personagens, mais do que as ações, a trama, o espaço. Nesse sentido, Machado é fonte inspiradora para as gerações seguintes de contistas.
Por fim, é mister concluir que toda sua trajetória , o talento, o apuro da técnica ficcional, a qualidade estética contribuem para sua imortalidade na Literatura. Portanto, esse século transcorrido da morte de Machado de Assis tem mais é que ser celebrado como vida de uma obra literária imponente.
Heitor Nogueira.

49 comentários:

Carlos Junior disse...

Machado será sempre o mestre da literatura brasileira!

ninguem escrevia igual a ele!

ele é um mito

Carlos Junior disse...

Claro, Parabens Pelo Blog

Desde de Qdo o Tem?

Se Der vota no meu blog pra melhor blog vascaíno.

Por favor

NA PESQUISA O NOME DELE É VASCO MINHA PAIXAO.

SE VOCE VOTAR MEA VISA QUE VIRO TEU SEGUIDOR!

http://www.linksdovasco.blogspot.com/
VOTE NO VASCO MINHA PAIXAO

Rafael Weiss Brandt disse...

Realmente,Machado é o maior escritor brasileiro de todos os tempos.
Quisera hoje haver alguém com a genialidade dele.

Fábio disse...

Todos idolatram Machado de assim , gosto muito dele , mas a nossa literatura tem outros genios e com certeza Machado está entre os melhores

PROTESTOS E disse...

É, preciso ler os livros que já li, novamente.
Saudade de Memórias Postúmas.Quando tiver perto do vestibular, vou ler de novo esses artigos que publica aqui.

blog disse...

Machado é gênio, mas me pergunto - sempre - se é um autor injustiçado ou não. Acredito realmente que Machado merecia leitores mais argutos, mais dedicados, capazes de esmiuçar sua obra e captar aquilo que ele mais prezou na composição de personagens, ações, ambientes e narrações: o deboche às instituições do século XIX, fossem elas concretas ou não.
Fala-se muito que ele é isso e aquilo, mas Machado, de verdade, é pouco lido. Merece mais.

Vc citou o extraordinário conto "Missa do Galo". Nele também há o triângulo amoroso. Aliás, é algo de que Machado muito gosta, mas sempre (ou quase sempre) um triângulo composto por 1 mulher e 2 homens.
Bela porrada no Romantismo, não?

Abraço.

Ipsis Litteris

Tati Claro disse...

Machado! com certeza o melhor.
fico com tanta raiva quando fazem comparações com aquele senhor egocêntrico que se diz o "mago da literatura brasileira", o coitado do Machado de Assis deve se revirar no túmulo.

J.F. Marques disse...

Machado era - E é, concerteza - um gênio. Ele é um daqueles caras que deveria viver pra sempre, para fazer obras para todas as gerações.

Felipe disse...

Machado nunca passará despercebido pelas pessoas. Ele sim foi um MARCO na nossa história!

www.centralldamusica.blogspot.com

K.Rafael disse...

Eu não conhecia muito bem a obra de Machado não. Mas depoisque tive que estudar de cabo a rabo pro vestibular me encantou.

http://kr7blog.blogspot.com

Tem um selo pra vc lá e a chance de ganhar uma caricatura em P&B!

Grande abraço.

Canto do Lufa disse...

Não sabia que ele tinha nascido no Livramento!

Eu me invergonho de ter lido muito pouca coisa dele. Sem dúvida nenhuma ele é uma referência!

Mais do que isso, é uma lenda, virou uma lenda literária devido a sua variedade de formas de escrita seja romance, cronica, poesia e etc.

Parabens pelo blog!

Bruno R.Ramos disse...

Parabéns pelo blog literário. Melhor por possuir uma análise profunda dos nossos mestres brasileiros. Se puder visite meu projeto de inclusão literária http://www.novacoletanea.blogspot.com

F. Grijó disse...

Já comentei e assino embaixo tudo o que falei.
Seria legal se vc comentasse os comentários, camarada. abrir um debate é sempre algo saudável.

Abraço.

F. Grijó disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
AYLA disse...

EU TENHO ATÉ VERGONHA DE DIZER... NÃO CONHEÇO A OBRA DE MACHADO DE ASSIS MAS PROMETO QUE VOU PROCURAR LER .
PARABÉNS PELO BLOG.

Thiago Damião disse...

Heitor, seu blog é muito interessante, esse texto do Machado ficou muito bom, meus parabéns =]

Lina :) disse...

Machado de Assis - um mestre.

Belo blog, bem completo.

Siento que me miran de cerca disse...

Adoro as obras de Machado de Assis

Leio e releio sempre

Parabéns pelo blog

Lara Monteiro disse...

Amei teu blog!

pintando pensamentos disse...

Adoro o trabalho de Machado de Assis, o considero uma grande inspiração, pelo menos pra mim que adoro escrever :) Não sei se um dia vou poder chegar ao mesmo nível dele, mas eu tento. Treino bastante a minha escrita criando textos diversos e acho que ler também ajuda muito. Bom, adorei seu espaço, o texto está maravilhoso, você escreve muito bem. Meu blog ainda é novo, então não tem muitas postagens, mas se a leitura for de seu interesse(creiu eu que seja) passa lá e da uma olhada ok? ;*

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Parabéns pela abordagem que foi feita da vida e obra de Machado.
Eu li "Memórias Postumas de Brás Cubas", e fiquei impressionado, com o modo que ele interagia com o leitor. A temática dele é muito original.

Welton Nogueira disse...

Olá.
Tem selo para vossa senhoria lá no Ora píulas!

Favor, ler as regras.
Abraço.

StéfanO Kut disse...

NUSS ÓTIMO vou até usar pra fazer meu trabalho auhsauhsha...
gostei pq ta completinho...^^
abração fih...show de bola o post!!
t++

Fábio Louzada disse...

parabéns pelo blog. abraços. Fábio

Jamile Gonçalves disse...

Em homenagem ao centenário de sua morte, fizemos um "Sarau Machadiano".

Um homem à frente de seu tempo... Machado!

Ð∂ηïєℓα PïreS disse...

q maraaaaa seu bloggg... Poq "obvian" eu adoro ler... adoro literatura adorooo tudo tudo ... Já lir toda a coleção de machado confesso q não gosto de sua fase realista rs... sou uma eterna romantica... O primeiro livro que lir em minha vida "livro serio mesmo sabe" por livre vontade foi " a mão e a luva" me apaixonei perdidamente por esse livro e ele ainda ´muot especial... acho q por ter sido o primeiro de uma saga literaria em minha vida hahahaha

Bjokissss... vo acompanha seu blog rs mto legal xD

Ð∂ηïєℓα PïreS disse...

Olha na sua enquete ai faltou o meu maravilhoso Jorge Amado tá rs... Eu amo ele não so porq ele é meu conterraneo hahahaha... mas poq ele é perfeitoooO

Bjinhosss d novo... E ahhh eu quero acompanha seu blog mas... não tem essa opção no seu blog rs... então vou t "linka" no meu blog ok Bjokisss

Juh disse...

Machado de assis é simplismente foda!
Tenho muitos livros em casa!
Beijos!!

http://oigatavemsempreaqui.blogspot.com/

Thays disse...

Muito bom seu artigo sobre Machado. A questão da atemporalidade é algo que realmente se destaca e impressiona na obra machadiana.
Sou aficcionada por Memórias Póstumas e adoro seus contos!
Agora me diga: o que achou da microssérie Capitu?
Foi tão ousada que minha cabeça dá voltas pra emitir opinião...
Se não assistiu, procura no youtube que vc acha completa...

vitoria disse...

Adorei seu blog!
parabéns!

Ð∂ηïєℓα PïreS disse...

Meu amigo sinto falta de seus post simplesmente maraaaa...
Volte a post viu

saudades de cair de pará quedas aqui rs

Bjokisss

Millena Moderadora disse...

MACHADO É TUDO DE BOM!É MUITO DETALHISTA, MAS UM GÊNIO DA LITERATURA.
GOSTEI DO BLOG!
SE PUDER,VISITE O MEU.
TE CUIDA!!!BOM CARNAVAL!

lumartins2908 disse...

Ele é uma fonte de inspiração, sem dúvidas.

http://tiomah.blogspot.com/

Nataly Callai. disse...

Machado e Clarice são, para mim, nossos dois maiores, e em particular, dois dos meus favoritos no mundo inteiro. Explicando porque eu fui com a cara do seu blog assim que vi as fotos...

quanto ao post, acho que nunca tinha parado pra pensar a sério nessa história do tempo na obra do machado, e faz todo o sentido. e ele é genial! tá, sou fã, tô começando a me empolgar... melhor eu ir.

parabéns pelo blog, e voltarei mais vezes!

Zinha Santos disse...

Já gostei muito de literatura, de discutir... hoje apenas leio!
Digo que Machado tem alguns dos melhores livros da literatura, sem dúvida!! Amoo o alienista, é bem legal!!
Bjo e parabéns pelo blog!!

Leandro Bastos disse...

foi um dos maiores literarios do mundo.

apanhadogeral disse...

Machado é Mchado.
Uma vez li uma biografia dele, mas era meio cansativa. Ele merecia coisa melhor.
Gostei do texto. Várias coisas eu não sabia.
Parabéns.
Abraço

Inez disse...

Machado de Assis foi o maior escritor da literatura brasileira.

roxlive disse...

entendo nada disso :x
HUSAHUSHUAHUS'
seu blog é bom :))
quem gosta muito de Portugues vai se interessar muito ;)
se puder passar no meo
agradeço '

http://roxlivedownload.blogspot.com

KGeo disse...

eu n gosto muito das historias dele

Pedro453dm@hotmail.com disse...

algumas coisas eu jah sabia, mas foi bom ler sobre o grande Machado de Assis.

Tenho a biografia dele aqui em casa, mas ainda não tive tempo de ler.

Vou dar prioridade e ler no fim de semana

É muito bom ler um livro naquele momento do domingo antes do almoço

aqui em casa o almoço de domingo sempre fica pro meio da tarde, e sempre "devoro" livros esperando sair o rango

haiuhaihuaihaiuha

Pedro453dm@hotmail.com disse...

Já estou lendo a biografia dele !

Eu descobri que existem varias biografias diferentes do Machado de Assis.

Mas Machado era de uma genialidade impar.

O verdadeiro imortal.

André Luís Leite disse...

registrando a visita.post comentado.

Millena Moderadora disse...

Machado é um gênio.
Parabéns pelo blog!
TE CUIDA!!!
BOM DOMINGO PRA TI!

**Daya** disse...

Nossa sem palavras ,Machado foi e sempre será divino em tudo que escreveu,e viva a literatura Brasileira!!!!!Gostei muito do seu blog,parabéns de verdade,adoro literatura.

Daya

Wagner Lopes disse...

Olá
Estou sorteando 5 trabalhos meus. Depois da uma olhada lá no meu blog
Abraços

Richard disse...

eu sinceramente ainda não li os teus posts, cara!
Mas vou te contar que será um prazer depois dedicar meu tempo a ler cada post teu!
PARABÉNS!
irei colocar vc como indicação e irei te seguir, rs!
abração...

Joshua disse...

Não da nem pra comentar, o Machado é nosso mestre maior.

Unknown disse...

Adorei o blog...tenho que fazer um trbalho de escola onde preciso explicar porque machado escrevia muito sobre triangulo amoroso...podem me ajudar?